"Não existem sonhos impossíveis para aqueles que realmente acreditam que o poder realizador reside no interior de cada ser humano, sempre que alguém descobre esse poder algo considerado impossível se torna realidade". Albert Einstein

sábado, 26 de agosto de 2017

Projeto Educação Patrimonial

O dia letivo temático realizado no di 11/08/17, cujo tema: Vote em mim.
A apresentação deste dia foi feita pelos professores da sala de leitura, coordenadores e literatura lúdica .

   

     

   

    

  

   

   
 Assistam ao vídeo 👇🏻


Postado por Cris Melo em 26/08/-7

Projeto em parceria com a Universidade Católica de Brasília - PIBID

O PIBID juntamente com os alunos e professores da Escola Classe 19, realizaram o Projeto Contos de Fadas - FEIURINHA, com os alunos do 3o ano, somente, pois é um projeto idealizado e executado apenas pelas turmas deste referido ano.


Abertura Projeto Feiurinha:
 

 


 

 

 

 


 


 

 

 

 

 

 

 

   
Que coisa linda❗️ Parabéns aos professores, alunos e a todos que participaram deste projeto ❗️
Postado por Cris Melo, em 26/08/17


PARABÉNS TAGUATINGA, 53 ANOS‼️❗️👏🏻

A Escola Classe 19 de Taguatinga, no dia 17/08/17, comemorou os 53 anos da cidade de Taguatinga com uma atividade festiva com direito a bolo, brincadeiras e apresentações.

Curtam as fotos‼️

 


 


 


 

 
Postado por Cris Melo, em 26/08/17


Educação Física - João e o pé de Feijão

A professora Creusa desenvolveu uma criativa atividade com os alunos do 1o ano: Sequência didática, isto significa dizer que cada passo realizado foi feito a partir de um tema - A história - a qual dará sequência aos outros passos.

Atividade que leva os alunos a um desenvolvimento sequencial promovendo Aprendizagem contextualizada.

Acompanhe as fotos:
 

   

 

  


  

  

 

   

Agradecemos a professora Creusa pela sua coloaboração em divulgar seu trabalho, o qual poderá ajudar outros profissionais da área. Ótimo trabalho 👏🏻
Postado por Cris Melo, em 26/08/17

segunda-feira, 31 de julho de 2017

Notícias atuais sobre o CERRADO

Em 30 anos, cerrado brasileiro pode ter maior extinção de plantas da história, diz estudo


O IIS - Instituto Internacional para a Sustentabilidade e outras instituições nacionais e internacionais divulgaram (na revista  científica Natureza) pesquisa acerca do desmatamento no cerrado brasileiro, que se continuar como continua hoje, o mundo pode registrar a maior perda de espécies vegetais, maior que na Amazônia cerca de 2,5.

Segue no artigo:                          

 O cerrado perdeu 46% de sua vegetação nativa, e só cerca de 20% permanece  completamente  intocado, segundo os pesquisadores. Até 2050, no entanto, pode perder até 34% do que ainda resta.   
Isso levaria à extinção 1.140 espécies endêmicas - um número oito vezes maior que o número oficial de plantas extintas em todo o mundo desde o ano de 1500, quando começaram os registros.

"Há 139 espécies de plantas registradas como extintas no mundo todo. Mas claro, sabemos que espécies foram extintas antes mesmo de a gente conhecê-las", disse à BBC Brasil Bernardo Strassburg, coordenador do estudo e secretário-executivo do IIS.


Mesmo assim, a perda no cerrado seria uma crise sem proporções." 

O desmatamento na região, de acordo com os pesquisadores, cresceu em níveis alarmantes "por causa da combinação de agronegócio, obras de infraestrutura, pouca proteção legal e iniciativas de conservação limitadas".

Mesmo assim, Strassburg e sua equipe afirmam que o cenário apocalíptico projetado para 2050 pode ser evitado.

Para conseguir estimar o número de espécies perdidas pelo desmatamento nos próximos 30 anos com o mesmo ritmo atual, os pesquisadores combinaram os dados mais recentes da Lista Vermelha de Espécies em Extinção (referentes a 2014) com projeções das mudanças no uso do bioma.
Das 1.140 que podem ser perdidas, 657 já são consideradas condenadas à extinção.   

"Isso quer dizer que não tem mais cerrado suficiente para tanta espécie. Se o desmatamento parasse hoje e não fizéssemos mais nada para recuperar a região, elas seriam extintas de qualquer jeito", explica.    
      
Seca      

 Se o aumento recente do desmatamento da Amazônia, segundo os cientistas, influenciou o regime de chuvas no Brasil, contribuindo para a seca dos últimos anos, a perda do cerrado também faz sua parte - mas no solo, e não na atmosfera.

"Tem gente que se refere ao cerrado como uma floresta de cabeça para baixo, porque dizem que as raízes lá são tão mais profundas que na Amazônia e na Mata Atlântica. Isso torna muito grande a capacidade do solo de absorver água, que será armazenada nos lençóis freáticos", diz Strassburg.
Hoje, 43% da água de superfície no Brasil fora da Amazônia está no bioma - o que inclui três dos principais aquíferos do país, que abastecem reservas no Centro-Oeste, no Nordeste e no Sudeste. 


"Mas se você troca aquela vegetação por uma plantação de soja, essa capacidade de reter água e alimentar os lençóis freáticos se perde. E vale lembrar que no Brasil crise hídrica é também é crise energética."

O pesquisador alerta ainda para o fato de que o desmatamento projetado para as próximas três décadas emitiria cerca de 8,5 bilhões de toneladas de gás carbônico na atmosfera.
"Isso é 2,5 vezes mais do que a redução da emissão de gases estufa que o Brasil conseguiu com a queda no desmatamento da Amazônia entre 2003 e 2012", explica.  
  


          

Como impedir?


( ...)parar o desmatamento causado pela agropecuária", diz. "As culturas de cana-de-açúcar e de soja vão crescer 15 milhões de hectares nos próximos 30 anos", diz.

Os pesquisadores afirmam, no entanto, que é possível usar áreas já desmatadas e pouco aproveitadas do cerrado para redistribuir este crescimento - evitando, assim, que a expansão da produção agrícola avance para territórios preservados.

"O agronegócio brasileiro está numa encruzilhada no que diz respeito ao cerrado: pode se colocar como responsável pela maior crise de extinção de plantas registrada no mundo ou pode ser líder de em uma produtividade mais sustentável."

"Ele vai ser o grande vilão da história e perder acesso aos mercados globais ou dar lição de sustentabilidade e mostrar que é possível crescer contribuindo para a conservação das espécies?", indaga.


Como vimos o desmatamento, o agronegócio são alguns dos responsáveis pelos impactos negativos no meio ambiente(seca, falta de água potável...), que refletem diretamente na população

Postado por Cris Melo , em 31/07/17
Artigo retirado do G1

Comer Bem para Viver Melhor



Cerrado Brasileiro, uma proposta pedagógica da EC 19

Partindo do tema gerador: Família e Escola unidas na preservação do Planeta 🌎 Terra, teremos como Tema Pedagógico para estudo ao longo do semestre deste ano em curso: o Cerrado Brasileiro, sua fauna, flora e alguns outros aspectos como a culinária.

Além do mais teremos um foco especial a questão relativa à Água, sua preservação e conscientização quanto ao seu uso racional, haja vista que já estamos passando por um recionamento aqui no DF.

Assim, solicitamos à todas as famílias que supervisionem suas residências, ruas, escola, a fim de que possamos ser agentes construtores de uma sociedade ciente de seus deveres e direitos. Se temos direito ao uso e consumo de água potável, cabe também a nós  impreterivelmente a responsabilidade de cuidar e preservar do nosso meio ambiente, bem como nossa Água, que nos dá saúde e vida.

Nesse contexto, procuremos checar vazamentos, se alguém está fazendo uso indevido da água, principalmente a potável, vejam se há locais com água parada, para evitar proliferações do mosquito da dengue e outras doenças.

Sabemos que um ambiente limpo ou higienizado, organizado, é também um ambiente saudável.

Contamos com o apoio de toda comunidade escolar.
Postado por Cris Melo, em 31/07/17

Boas Vindas

“Qual é a escola dos seus sonhos”?

Para mim, é a escola que educa os jovens para extraírem segurança da terra do medo, sorriso das lágrimas e sabedoria dos fracassados. A escola dos meus sonhos une a seriedade de um executivo e a alegria de um palhaço. Na escola dos meus sonhos cada criança é uma joia única, mas importante que todo dinheiro do mundo. Nela os professores e alunos escrevem uma belíssima história, são jardineiros que fazem da sala de aula um canteiro de pensadores.

Qual a família dos seus sonhos? A família dos meus sonhos não é perfeita. Não tem pais infalíveis, nem filhos perfeitos. Mas aqueles em que pais e filhos têm coragem de dizer um para o outro EU TE AMO, EU EXAGEREI, DESCULPE-ME.

Na família dos meus sonhos não há heróis nem gigantes, mas amigos. Nela os pais dão risadas quando perdem a paciência com os filhos. Um lugar simples, mas onde há gente feliz. Portanto Pais, professores alunos e todos da nossa comunidade escolar sejam bem-vindos!

Mensagem de Augusto  Cury… 
Postado por Cris Melo, em 31/07/17